Diagnóstico Final

Xantoma verruciforme


Secções histológicas de mucosa revestida por epitélio escamoso revelam papilomatose acentuada, com paraqueratose e hiperplasia epitelial. O córion subjacente mostra proliferação difusa de macrófagos de citoplasma amplo e claro, de aspecto xantomatoso, com ocasionais células gigantes multinucleadas. Tais células estão presentes apenas na porção papilar do córion. Relacionado, observa-se infiltrado inflamatório linfocitário.

Discussão

O xantoma verruciforme trata-se de uma lesão desprovida de caráter maligno, de causa desconhecida, podendo estar associada a traumatismos repetidos. Diferencia-se dos outros xantomas por não apresentar correlação com doenças metabólicas, tais como o diabete melito e as dislipidemias. Surge comumente em mucosas oral e/ou genital na idade adulta. Clinicamente, apresenta-se como placa ou pápula séssil ou pedunculada, de crescimento lento e indolor, com superfície papilar/verrucosa. Geralmente é encontrada em sítios mastigatórios com predileção pela margem gengival e palato duro. Seus achados histológicos compreendem um epitélio pavimentoso estratificado apresentando paraceratose e acantose, com cristas irregularmente alongadas e, por vezes, anastomosadas. Podem ser vistos inúmeros histiócitos xantomizados na derme papilar. Infiltrado inflamatório de monomorfonucleares pode estar presente. O tratamento de escolha é a excisão total da lesão. O potencial de recidiva é muito baixo.

Referências

1) Abreu L, Dias R. Xantoma Verruciforme – A propósito de um caso clínico. Revista Portuguesa de Estomatologia. Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial, Elsevier, 2017.

2) Kimura M, Ohto H, Shibata A, Enomoto A, Umemura M. Clinicopathological and Immunohistochemical Characteristics of Verruciform Xanthoma of the Lower Gingiva: A Case Report. J Clin Diagn Res. 2016 Jun, 10(6): ZD05-6. Epub 2016 Jun. 1. doi: 10.7860/JCDR/2016/15446.7950.

3) Bhalerao S, Bhat P, Chhabra R, Tamgadge. Verruciform xanthoma of buccal mucosa: A case report with review os literature. Contemporary Clinical Dentistry. 2012. 3(Supl2): S257-S259. Doi 10.4103/0976-237x.101109.